Chapada Diamantina


A Chapada Diamantina é um território serrano de grande beleza e diversidade, localizado na região central do Estado da Bahia.


O nome Chapada Diamantina tem origem na opulenta exploração de diamantes que teve início no século XVIII, na região conhecida inicialmente como Lavras Diamantinas, onde diversas vilas e povoados se desenvolveram em função do garimpo.


Neste território são encontrados os picos mais altos da Bahia, sendo o Pico do Barbado com 2.033m, o ponto culminante de toda a Região Nordeste. Com altitude média entre 800 e 1.200m acima do nível do mar, as serras que compõem a Chapada Diamantina fazem parte da Cadeia do Espinhaço, regionalmente denominada de Serra do Sincorá. Esta é divisora de águas entre a bacia hidrográfica do Rio São Francisco e rios que deságuam diretamente no Oceano Atlântico, como o Rio de Contas, o Rio Jacuípe e o Rio Paraguaçu. 


Região onde afloram inúmeras nascentes de água, a Chapada Diamantina conta com diversos rios, cachoeiras e poços naturais, utilizados para subsistência e lazer de residentes e visitantes. 

O território da Chapada Diamantina é muito importante para a manutenção da quantidade e qualidade hídrica de diversos rios, dentre estes o Rio Paraguaçu, que com cerca de 600 km de extensão, é o maior rio inteiramente baiano, responsável pelo abastecimento cerca de 60% da população da região metropolitana de Salvador, capital do Estado.

A Chapada Diamantina configura-se como um mosaico ecológico formado por campos rupestres, cerrados, caatingas e mata atlântica; o que explica a riqueza de espécies.   

Um dos maiores destinos de turismo de natureza e aventura do Brasil, a Chapada Diamantina impressiona por sua imensidão e beleza! Composta por serras, chapadas, vales, grutas, campos gerais e rupestres, conta com grande riqueza cultural, paisagística e natural. 


Com todo este acervo patrimonial, a Chapada Diamantina atrai visitantes de todo o mundo, oferecendo diversidade de serviços, com excelentes opções de roteiros turísticos para públicos variados, além de muita natureza, aventura, lazer, história, cultura e tranquilidade. 





Parque Nacional da Chapada Diamantina


O Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD) foi criado em 1985 e abrange 152 mil hectares de terras dos municípios de Andaraí, Ibicoara, Itaetê, Lençóis, Mucugê e Palmeiras, no centro do estado da Bahia.

O Parque protege uma parte da Chapada Diamantina, que é uma denominação regional para a Serra do Sincorá, que, por sua vez, é um prolongamento baiano da Cadeia do Espinhaço. A Chapada Diamantina e seu Parque Nacional são conhecidos pela grande diversidade biológica e complexidade de ecossistemas.

Além da sua importância para a conservação da biodiversidade da região, o PNCD é, em grande parte, responsável pela manutenção da quantidade e qualidade das águas do rio Paraguaçu, principal rio baiano, de cujas águas dependem milhões de pessoas, inclusive cerca de 60% da população da capital, Salvador.
Atualmente o PNCD é gerido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Para maiores informações:



Nenhum comentário:

Postar um comentário